Em 2019, o Internation Symposium on Immunobiologicals apresentou uma novidade em sua programação: O Innovation Hub. A Fiocruz passa por um momento muito propício, com o lançamento da sua Política de Inovação, incluindo diretrizes e ferramentas necessárias para acelerar o desenvolvimento tecnológico e se posicionando como protagonista no cenário de inovação em saúde no Brasil. Nesse sentido, o Innovation Hub se apresenta como o espaço adequado para estimular esse desenvolvimento na área de Biotecnologia.

O Innovation Hub é um espaço destinado aos interessados em acelerar a inovação em produtos e serviços de Biotecnologia. Ao reunir cientistas, investidores, executivos, empreendedores, comunidade e diversos líderes da área da saúde e inovação do Brasil, o evento pretende criar um ambiente propício a parcerias, colaborações e investimentos, tendo a Fiocruz e Bio-Manguinhos, sua unidade de desenvolvimento e produção de imunobiológicos, como fortes incentivadores desse movimento. 

Em 2019, o Innovation Hub aconteceu como uma atividade paralela ao IV ISI.

A programação contou com quatro módulos abertos ao público:

• Showcasing Innovation Assets of Fiocruz and Bio-Manguinhos - From Discovery to Clinical

• Batalha de Pitchs

• Building Trust by investments

• Bio-Business Connections: building the bridge from lab to market

O acesso às sessões do Innovation Hub foi aberto a todos os participantes do IV ISI, de acordo com a lotação da sala.

 

1. Showcasing Innovation Assets of Fiocruz and Bio-Manguinhos - From Discovery to Market

Responsáveis: Hugo Defendi e Vivian Ribeiro (e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Apresentação

Na Fundação Oswaldo Cruz são conduzidos mais de mil projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico, que produzem conhecimentos para o controle de doenças como aids, malária, doença de Chagas, tuberculose, hanseníase, sarampo, rubéola, esquistossomose, meningites e hepatites, além de outros temas ligados a doenças crônicas não transmissíveis, como câncer, doenças inflamatórias entre outras. 

Além da geração de conhecimento, a Fiocruz atua no desenvolvimento de produtos e processos com aplicação potencial no SUS, como: novas vacinas, medicamentos de base sintética e biotecnológica, métodos de diagnóstico, entre outros, aumentando o número de patentes brasileiras e aprimorando o sistema de saúde nacional.

Estas atividades estão entre as mais relevantes no contexto atual de políticas públicas de ciência e tecnologia em saúde do governo federal, de modo especial, voltadas à inovação do complexo produtivo da saúde.

Com o objetivo de apresentar os ativos da Fiocruz e de Bio-Manguinhos, sua Instituição Tecnico-científica responsável pela Pesquisa, Desenvolvimento e Produção de insumos de base biotecnológica, esta sessão traz os segmentos de atuação, tecnologias e pipelines de projetos em desenvolvimento, possibilitando a ampliação do conhecimento de parte da sociedade e atores envolvidos no âmbito da cadeia de inovação de insumos estratégicos para a saúde, que potencialmente possam interagir e empreender em parceria com a Fiocruz e Bio-Manguinhos.

Público alvo

Esta sessão destina-se à: Universidades, empresas, start-ups, agências de fomento, pesquisadores, empreendedores, e outros profissionais que queiram conhecer os segmentos de atuação, em termos de doenças alvo e estratégias tecnológicas, adotadas pela Fiocruz e Bio-Manguinhos, através da apresentação dos pipelines de projetos de P&D e plataformas tecnológicas.

 

2. Pitch Session: Inova Biotec

Responsáveis: Marcia Arissawa, Fernando Porto e Sotiris Missailidis (e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Apresentação

Como um dos pontos altos da programação IV International Symposium on Immunobiológicos, o Pitch Session: Inova Biotec é o espaço onde as startups e empreendedores terão oportunidade de apresentar suas soluções inovadoras e desenvolvimentos tecnológicos na área de biotecnologia para uma plateia extremamente selecionada, composta por tomadores de decisão da Fiocruz, Bio-Manguinhos e pesquisadores de destaque. Representantes de fundos de Venture Capital, assim como financiadores da inovação no país e no mundo, como BNDES, Faperj, Fundação Bill & Melinda Gates e GHIF também estarão presentes.

O Pitch Session: Inova Biotec é promovido pela Vice-presidência de Produção e Inovação em Saúde (VPPIS) da Fiocruz e por Bio-Manguinhos e integra o Programa Fiocruz de Fomento à Inovação – “INOVA FIOCRUZ”, cujo objetivo geral é incentivar ambientes favoráveis à Pesquisa, Desenvolvimento Tecnológico e Inovação em Saúde em todas as áreas de atuação da Fundação Oswaldo Cruz.

Serão selecionadas até 24 iniciativas, divididas nas áreas de Vacinas, Biofármacos, Diagnóstico In Vitro e suas respectivas tecnologias de suporte, que terão cinco minutos para apresentar seus pitchs, seguido de cinco minutos para perguntas por membros da Banca de Avaliação de Pitch.

A chamada, com todas as informações sobre o Pitch Session: Inova Biotec, assim como o formulário para submissão de projeto, pode ser acessado abaixo:

- Chamada para a Pitch Session: Inova Biotec

- Formulário para submissão de projeto

Alinhado à política de inovação da Fiocruz, o Pitch Session: Inova Biotec tem o objetivo de fomentar e dar visibilidade às boas iniciativas e reforçar papel do Brasil no ecossistema internacional de inovação em Biotecnologia.

Público alvo

O Pitch Session: Inova Biotec se destina a pesquisadores, empreendedores, empresas, start-ups, e outros profissionais que queiram apresentar suas iniciativas inovadoras de desenvolvimento de produtos e soluções em biotecnologia para a saúde no IV ISI, sendo vetada a participação de servidores ou colaboradores da Fiocruz.

Investidores, empreendedores, pesquisadores e empresas da área interessados em conhecer os projetos inovadores que serão apresentados na sessão são bem-vindos para enriquecer o ambiente e gerar oportunidades.

 

3. Building Trust by Investments

Responsáveis: Katia Reis, Livia Rubatino de Faria e Ana Paula Cossenza (e-mail: lEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Apresentação

O Building Trust by Investments é o espaço para agências de fomento e fundos de investimento apresentarem suas linhas de financiamento disponíveis para o setor de biotecnologia. Desta forma, os representantes da comunidade científica nas áreas de vacinas, biofármacos e kits diagnóstico poderão conhecer novas oportunidades de financiamento para seus projetos.

Pontos que serão abordados nesta sessão: 

- Quais os fundos e financiamentos disponíveis? 

- Quem pode oferecer financiamento?

- Quem pode receber financiamento? 

- O financiamento é reembolsável ou não?

- O que pode ser financiado?

- Compra de equipamentos:

• Prestação de serviços especializados 

• Custeio de mão de obra/ treinamento/passagens

• Infraestrutura.

Público alvo

Esta sessão destina-se à: agências de fomento, investidores, empresas, startups, pesquisadores, empreendedores e profissionais interessados em oportunidades de financiamento em P&DI no setor de biotecnologia.

 

4. BIO-BUSINESS CONNECTIONS: building the bridge from lab to market

Responsáveis: André Luiz Maiocchi, João Miguel Estephanio e Luciana Teixeira Patitucci (e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Apresentação

Um lugar para networking científico e de negócios, conectando profissionais e organizações dedicados ao crescimento do setor de Biotecnologia no Brasil.

Esta sessão pretende:

(1) encorajar qualquer um que tenha o espírito empreendedor a descobrir novos horizontes no ecossistema biotecnológico brasileiro;

(2) fornecer uma atmosfera revigorante e criativa para o desenvolvimento de uma rede coesa entre cientistas e pessoas de negócios;

(3) oferecer oportunidades para a mostra de projetos e ideias, conectando os expositores à comunidade científica brasileira e à indústria.

Público alvo

Voltada a uma ampla gama de stakeholders do setor de biotecnologia, a sessão busca estimular a interação entre diversas organizações, como instituições acadêmicas, empresas e startups, incluindo profissionais das áreas de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D), Produção, Propriedade Intelectual e Jurídico, Investimento e Finanças, além de entidades e agências de estímulo ao empreendedorismo.